Projeto “Enfermagem Humanizada” é aplicado no Hospital São Camilo

Com foco no atendimento humanizado e com o objetivo de ampliar e potencializar as ações voltadas para a área da humanização, cuidando dos pacientes com amor e respeito

Os pacientes atendidos na Fundação Hospital Maternidade São Camilo agora contam com acolhimento personalizado por meio do projeto “Enfermagem Humanizada”, elaborado pela gerência da equipe assistencial com o apoio dos setores de nutrição e farmácia.

Além do prontuário afetivo e os cartazes motivacionais, iniciativas aplicadas na instituição desde abril, as pessoas internadas nas enfermarias, apartamentos, UCI e UTI começaram a receber as refeições e medicação com mensagens de afeto. Outra ação adotada pelos colaboradores é a videochamada com familiares em isolamento social ou estado mais grave.

De acordo com a gerente de enfermagem Ruthmere Serafim, todas as atividades são fundamentais para a cura dos pacientes hospitalizados e para o desenvolvimento integral dos profissionais envolvidos neste fluxos. “O paciente precisa se sentir acolhido no momento que se encontra com o corpo e o emocional fragilizados. Portanto, é fundamental que todos trabalhem com carinho e cuidado com o outro. Assim transformamos momentos difíceis em grandes trocas positivas de experiências para todos”, destaca.

Humanização na Enfermagem
O atendimento humanizado é aquele em que todos os envolvidos atuam para que o paciente tenha um tratamento digno e apropriado, sendo ouvido, respeitado, compreendido e aconselhado. Com isso, o cotidiano hospitalar humanizado demanda pleno entendimento sobre as percepções, sentimentos, expectativas, concepções e dúvidas dos indivíduos enfermos.

Por mais que outras especialidades também devam priorizar a humanização, a enfermagem merece atenção especial, já que os enfermeiros e técnicos de enfermagem são aqueles que mais têm contato direto com os pacientes.