Alta de paciente renal é celebrada pela equipe do Centro de Hemodiálise de Aracruz

Com foco no atendimento humanizado e com o objetivo de ampliar e potencializar as ações voltadas para a área da humanização, cuidando dos pacientes com amor e respeito

Após meses lutando contra a insuficiência renal devido as sequelas da covid-19, a paciente do Centro de Hemodiálise de Aracruz (Unidade Branca), Erinéia Oliveira de Castro, finalmente recebeu a incrível notícia da sua alta. O fato foi festejado pela equipe da instituição e só foi possível pois, seu quadro clínico possibilita agora um tratamento conservador com terapia nutricional.

No dia da liberação médica, a nutricionista da Unidade Branca, Amanda Lozer, deu todas as orientações necessárias e realizou a avaliação antropométrica para Erinéia seguir uma nova etapa de vida.

O acompanhamento nutricional dos portadores de doença renal crônica – DRC é de grande relevância para o planejamento de intervenções que atendam de maneira efetiva às necessidades destes pacientes pois retarda a necessidade de hemodiálise e desta forma oferece mais qualidade de vida e proteção aos rins dos pacientes.

“Quando fui informada que teria que dialisar, fiquei sem chão mas quando comecei o tratamento, no Centro de Hemodiálise de Aracruz, fiquei mais tranquila pois fui muito bem acolhida e atendida por todos os profissionais que fazem com que você se sinta em casa e cheia de esperança”, declarou.